Semana 04:
De Nambucca Heads à Sydney

São tantas coisas que vem acontecendo em tão pouco tempo que esta cada vez mais difícil lembrar até o que almoçamos ontem! hahah mas vamos lá:

25/03, sábado:

Começamos o dia indo para a pequena cidade de Macksville. Fomos para lá porque quando estávamos em Nambucca, um senhor que conhecemos nos disse que tinha um posto de gasolina lá com chuveiro quente. Não pensamos duas vezes e demos uma paradinha na cidade para tomar banho. De lá continuamos até Kempsey, que é a cidade exatamente no meio do caminho entre Gold Coast e Sydney. A ideia era ir visitar um centro aborígene onde eles ensinam sobre muitas plantas que os aborígenes usavam de forma medicinal. Eu estava super empolgada pra ir lá conhecer, mas descobrimos que o lugar só abre de segunda à sexta. Como já tínhamos ido até lá, ficamos pela cidade mesmo e preparamos um almoço mexicano em um parque. Depois, saindo da cidade passamos em uma pequena galeria de arte aborígene. Tinha umas obras muito bonitas, mas logo que eu entrei lá comecei a passar muito mal então não ficamos muito tempo. De lá fomos para Crescent Head, uma praia muuuuuuuito lindinha:

Ficamos lá apenas algumas horas, mas eu poderia ter ficado lá pelo menos um dia inteiro. Só que essa praia não tinha nenhum lugar onde pudéssemos passar a noite, então continuamos na estrada até Port Macquarie. Chegamos lá no fim de tarde, bem a tempo de pegar o por do sol no farol:

Nesse dia dormimos em uma rest area de Burrawan.

26/03, domingo:

Nesse dia passamos a manhã inteira reorganizando o nosso projeto. De vez em quando precisamos parar para ver o que esta funcionando, o que não esta e em que podemos melhorar. Saimos da rest area quase na hora do almoço e queríamos dirigir até Newcastle. Passamos em Nelson Bay para uma visita, mas o lugar era tão lindo e convidativo que decidimos ficar mais um pouco e passar a noite lá.

 Tiramos um tempo para descansar, o David foi nadar enquanto eu fiz minha prática de yoga de baixo de uma árvore, fizemos nosso jantar ali no parque mesmo enquanto viamos o por do sol e tomamos banho no chuveiro público da praia. Estava tão quente que a água fria do chuveiro estava até boa :)

27/03, segunda-feira:

Acordamos super cedo e fomos preparar o café da manhã na frente da praia. De manhã fomos visitar alguns lugares ainda por ali na região de Port Stephens e então seguimos viagem até Newcastle.

Chegando lá nos deparamos com uma cidade SUPER fofa e charmosa, com prédios antiguinhos e muitos lugares bonitos. Como era segunda-feira, muitos lugares que eu queria visitar estavam fechados, então resolvemos aproveitar o dia bonito pra ir conhecer as praias.

No fim da tarde entramos em uma piscina natural pública e aproveitamos pra tomar banho no chuveiro quente deles <3 Depois disso fomos preparar o jantar em um parque e lá acabamos conhecendo um casal super bacana que estava por ali. Conversa vai, conversa vem, eles nos convidaram pra ir na casa deles pra usar a tomada pra carregar nossos computadores. Nós ficamos conversando por horas e no fim dormimos na frente da casa deles.

28/03, terça-feira:

Nesse dia acordamos cedo para ir visitar dois lugares que não tínhamos conseguido ir no dia anterior: o farol e o museu de Newcastle. A visita ao museu foi muito legal e conta toda a história da cidade. De lá pegamos 2 horas de estrada até Sydney. Eu estava super animada pra ir pra Sydney, tanto que quando chegamos lá e atravessamos a Harbour Bridge eu até chorei. Mas não levou muito tempo pra percebermos um grande problema que enfrentariamos durante a nossa estadia aqui: muito trânsito pra qualquer lugar que a gente fosse e falta de lugares para estacionar a van na rua. Logo quando chegamos pagamos um pedágio só por entrar na cidade e mais um estacionamento de AUD$14 a hora no centro. Essa foi Sydney nos dando as boas vindas com um soco no estômago e uma facada no rim. Depois de ir visitar a Opera House, fomos para a casa do Léo, um brasileiro que nos convidou pra ficar na casa dele. Foi a primeira vez na viagem que ficamos na casa de alguém.

29/03, quarta-feira:

Tiramos o dia para ir conhecer o centro da cidade. Depois do susto com o preço do estacionamento (que depois descobrimos que estava “barato”, porque a média era de AUD$50 a hora), decidimos ir para o centro de trem. Na hora de comprar o cartão transporte, mais um baque da cidade grande: a mulher da banquinha foi muito rude com a gente. E não só ela, mas percebemos que no geral as pessoas não eram mais tão amigáveis com a gente quanto nas cidades menores. We’re not in Kansas anymore. Visitamos museus e parques, tivemos um dia bem cheio com muita caminhada pelo centro. Foi um dos dias mais legais em Sydney, conhecemos muitos lugares, vimos muitos prédios antigos, praças bonitas e terminamos o dia com um por do sol perto do Opera House.

30/03, quinta-feira:

Esse era o dia que queríamos ter ido conhecer as praias do norte, mas o tempo estava terrível, com uma tempestade muito forte. Acho que foi um reflexo do ciclone Debby que passou no Norte da Austrália. Passamos o dia todo na casa do Léo colocando a vida em dia, editando vídeos e organizando o resto da viagem.

31/03, sexta-feira:

Depois de 3 noites na casa do Léo, passamos a manhã arrumando a van de novo. Nessa noite fomos em um show no centro da cidade, por isso não iríamos dormir na casa dele de novo. Passamos a manhã inteira reorganizando a nossa vanzinha! Apesar de ser muito legal ficar na casa das pessoas, a nossa van acaba ficando bem bagunçada durante esse período porque saímos da nossa rotina e acabamos só jogando tudo o que pegamos em cima da cama. Depois de almoçar fomos lavar roupa e depois fomos conhecer o studio que eu daria aula no dia seguinte. De lá fomos para o centro para o show do Avalanche City. Nós estávamos querendo ir num show deles a muito tempo e quando estávamos saindo de Newcastle vimos na fanpage deles que teria um show em Sydney na mesma semana que estaríamos aqui. Não pensamos duas vezes e compramos o ingresso. Enquanto não dava a hora do show fomos conhecer a feirinha de Chinatown e comer alguma coisa por lá. Depois fomos pro show, que foi em um barzinho. Isso foi muito legal porque tinham poucas pessoas lá e pudemos ficar literalmente colados no palco. O show foi tão lindo que eu até chorei na maioria das músicas e no final ainda conseguimos conversar um pouco com o Dave Baxter, o vocalista da banda. Voltando do show pudemos ver a vida noturna em Sydney, que é super agitada. Fazia tempo que não víamos algo parecido, primeiro talvez porque a gente não sai mais muito à noite hahaha mas também porque estávamos sempre passando por cidadezinhas pequenas. Nessa noite dormimos de volta na nossa vanzinha <3

Continue lendo: semana 05 – de Sydney a Canberra

Gastos da semana:

Mercado: AUD$71.07
Combustível: AUD$148.44
Estacionamento: AUD$6.60
Transporte público: AUD$20.00
Lavanderia: AUD$20.00
Comer fora: AUD$75.50
Ingressos show Avalanche City: AUD$40.00
TOTAL: AUD$381.61
Gasto abaixo do que gastávamos quando estávamos parados morando em Gold Coast: AUD$18.39

Por onde passamos no mapa:

26 anos, aquariana, instrutora de yoga e reikiana. Nasci em Curitiba, mas sou do mundo. Amo os animais, cristais e natureza. Gosto de pintar mandalas e criar artes com papéis. Sou super otimista e acredito que a felicidade é para todos!

Leia também:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *