Porque decidimos voltar para Gold Coast 

casal de mãos dadas em frente ao lago

Quando terminamos a nossa viagem e pegamos a estrada de volta para Gold Coast, eu escrevi esse post contando porque decidimos encerrar a nossa viagem mais cedo. O post ficou guardado pelas últimas 7 semanas, enquanto estávamos na correria de organizar essa nova etapa da nossa vida, até que hoje eu encontrei ele e resolvi compartilhar com vocês :)

A ideia inicial do nosso projeto

Quando a ideia do nosso projeto nasceu, o plano era dar uma volta ao mundo de carro, passando por todos os continentes até chegar no Brasil de novo. Nosso sonho é viajar por todos os cantos desse planeta, acreditamos que o mundo é muito grande para ficar sempre no mesmo lugar.

Quando começamos a estruturar nosso projeto, decidimos fazer uma espécie de “piloto” pela Austrália. Na época estávamos contando com um visto até final de 2017, que nos daria bastante tempo para viajar por toda a Austrália. Também tínhamos a segurança de um dinheiro que tínhamos guardado, fruto de muito esforço do nosso trabalho durante todo o ano de 2016. Não tínhamos motivos para não ir. Foi quando antes mesmo de começar a nossa viagem, tivemos uma conversa que nos fez decidir encerrar o nosso visto em Julho de 2017, 6 meses antes do que estava previsto. Foi uma decisão que nos apertou o coração, mas seria o mais sensato. Não queremos mais ficar gastando dinheiro com cursos meia-boca só para ter um visto para continuar aqui. Com isso, nossa viagem pela Austrália que ia durar um ano, teve um prazo de validade de 5 meses.

O que faríamos depois disso? Essa era uma pergunta que me tirou o sono muitas noites. Quando se tem um mundo de opções, apesar da liberdade ser incrível, fica muito mais difícil decidir o que fazer. Uma coisa era certa, ainda não era hora de voltar para o Brasil. Com isso chegamos a 3 opções: poderíamos ir para a Nova Zelândia, Ásia ou Europa. Nenhuma delas tinha um futuro meio certo, a viagem pela Austrália ia gastar boa parte das nossas economias e seja lá qual fosse o lugar que decidíssemos ir, iríamos chegar da mesma forma que chegamos na Austrália: com dinheiro suficiente apenas para os primeiros meses e ali teríamos que começar a construir nossa vida do zero, de novo. Jogamos para o universo e continuamos vivendo a nossa vida um dia de cada vez.

O início da viagem

Começamos a nossa viagem no dia 04 de Março e durantes as 10 semanas que se seguiram, nós vivemos o nosso sonho. Nós tivemos dias incríveis, dias não tão incríveis, dias cheios de aventura e acredite, dias de tédio também. Durante a viagem, algumas vezes nos perguntamos se a Austrália não seria o nosso lugar. Nós já não temos mais a barreira da língua, é um país seguro e cheio de oportunidades, é um lugar lindo… Tirando a saudade da família e a internet do período pré-histórico, a Austrália é sim um lugar maravilhoso para morar.

Algumas vezes nos perguntamos se não deveríamos voltar para Gold Coast. A dúvida é: esse questionamento era a nossa intuição querendo nos dizer alguma coisa, ou era apenas um medo subconsciente de viver o desconhecido e querer voltar  para um lugar “seguro”? Nunca soubemos dizer.

Foi logo antes de chegarmos em Melbourne que começamos a pensar um pouco mais sério sobre voltar para Gold. E nas duas semanas seguintes a ideia foi se intensificando. Durante o tempo que ficamos na Tasmânia pensamos muito sobre o assunto, se era isso mesmo que queríamos fazer e se sim, como faríamos isso acontecer.

O universo nos enviou um sinal

Voltando para Melbourne, o David recebeu uma oportunidade para fazer um curso de website development em uma escola nova que abriu em Gold Coast chamada Mindroom. Essa é uma escola voltada para a área de tecnologia e tem foco em realmente ensinar o aluno, e não ser apenas mais uma que da visto de estudante. Por isso ficamos animados em começar algo novo que possa agregar alguma coisa no nosso futuro como nômades digitais.

Era o sinal que estávamos esperando do universo. Uma coisa que a gente tem aprendido cada vez mais nos últimos anos é de estar aberto a tudo o que vem para gente. As coisas não vem sem um motivo e é importante ser flexível e estar aberto à mudanças. A dois meses atrás nós tínhamos sim decidido ir embora, mas qual o problema em mudar de ideia?

A decisão foi tomada

Nós meditamos muito sobre o assunto, pedimos conselho ao IChing e chegamos a conclusão de que voltar para Gold Coast é uma baita de uma oportunidade que o universo esta nos presenteando. Estamos felizes com a nossa decisão e muito empolgados com tudo o que esta por vir. Estamos cheios de planos e eu tenho um sentimento muito bom de que o próximo 1 ano e meio que vamos passar lá será um ano em que o nosso projeto vai crescer muito, nós vamos crescer muito e muitas coisas boas virão em nossa direção.

Não há nada mais empolgante que novos começos!

26 anos, aquariana, instrutora de yoga e reikiana. Nasci em Curitiba, mas sou do mundo. Amo os animais, cristais e natureza. Gosto de pintar mandalas e criar artes com papéis. Sou super otimista e acredito que a felicidade é para todos!

Leia também:

2 Comments

  1. Que bom saber disso! Realmente estar aberta as oportunidades do universo pode mudar toda a rota… boa sorte na jornada! estou adorando acompanhar o blog e a vida de vcs :) beijos
    alisays.me

    1. Oii Alice! Simmmm, as oportunidades estão em todo lugar! Cabe a nós estar com os olhos abertos e atentos para percebê-las ;) Ficamos felizes que tenha curtido o blog, isso nos da uma baita motivação pra continuar! Muito obrigada <3

      Beijos!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *