Yoga: Eu também achava que era só alongamento

Eu devia ter uns 15 anos quando ouvi falar sobre yoga pela primeira vez. Eu sabia que era algo que as pessoas faziam para se acalmar, mas não fazia ideia de como funcionava. Na minha cabeça eu achava que o pessoal se reunia pra ficar sentados em silêncio, na postura de flor de lótus, e só. Lembro de um conhecido que uma vez falou que ia começar a “fazer” yoga porque era uma forma de perder peso sem suar rsrs. Bem, aí eu descobri que existiam os asanas, ou as posturas.

E então eu comecei a achar que yoga era uma aula de alongamento, onde esses tal de asanas me ajudariam a ser mais flexível. “Uma aula onde vou me alongar e ao mesmo tempo me sentir mais calma, isso parece exatamente o que eu preciso”, pensei. Eu procurei o yoga pela primeira vez porque eu costumava sentir uma ansiedade tão grande que me deu uma gastrite nervosa e também por uma dor terrível que eu sentia no nervo ciático.

Confesso que do momento em que eu decidi começar a praticar até o dia em que eu fui fazer a minha primeira aula, passaram-se lá alguns meses. E pra ser sincera, a primeira aula não me encantou. E nem a segunda. Mas eu continuei persistente e fui fazer a minha terceira aula em outro lugar e adivinhem: eu me apaixonei.

Nessa aula a minha professora, a Isa, me ensinou que o yoga ia muito além dos asanas. Ela me ensinou sobre respiração, sobre os chakras, sobre atitude mental e comportamento interno e muitas outras coisas. Ali eu vi que os asanas eram apenas a pontinha do iceberg do yoga.

Ta, mas o que é yoga afinal?
As posturas são geralmente a primeira coisa que atrai as pessoas para o yoga, mas na verdade elas são apenas um pedacinho do todo. O yoga, em seu princípio é o caminho para o autoconhecimento. Ele vai além da sala de aula e é levado para o dia-a-dia, em todos os momentos da sua vida. Quando você acorda e faz uma respiração consciente, você ja esta praticando yoga. O yoga esta na forma como você caminha, esta nas decisões que você toma, ele esta em todo lugar. Ele nos ajuda a nos conectar com a nossa essência e o nosso verdadeiro Eu.

Essa é apenas uma introdução para te dar uma ideia de que yoga vai muito além das posturas que praticamos nas aulas. Nos próximos posts vou falar sobre um sistema que acredito representar bem o que é o yoga, que são os 8 membros do yoga, ou Ashtanga Yoga de Patanjali.

Enquanto isso, conta pra mim: Quando foi que você conheceu o yoga? Como foi o seu primeiro contato? Deixe seu comentário abaixo e vamos trocar algumas ideias :)

Ilustração: Felicity J Lord Magazine

assinatura3

26 anos, aquariana, instrutora de yoga e reikiana. Nasci em Curitiba, mas sou do mundo. Amo os animais, cristais e natureza. Gosto de pintar mandalas e criar artes com papéis. Sou super otimista e acredito que a felicidade é para todos!

Leia também:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *