Dicas para um roteiro de roadtrip pela Austrália

Fazer uma grande viagem de carro era um sonho antigo. Antes de decidirmos vir para a Austrália, nosso primeiro plano era comprar uma kombi e viajar por todo o Brasil. Na época queríamos uma kombi safari, mas quando começamos a pesquisar os preços, quase caímos pra trás. Nós até matamos um pouco da nossa vontade quando fizemos uma pequena viagem de carro na Argentina quando transformamos a nossa tracker em um mini motorhome, mas o sonho de fazer uma grande viagem assim teria que ser deixado pra depois.

E aí a vida aconteceu, nós nos mudamos pra Austrália, a terra dos outlanders e do pessoal fissurado em camping, e tivemos a chance de comprar uma campervan. Tendo o carro em mãos, passamos o ano de 2016 inteiro guardando dinheiro e planejando a nossa grande viagem de carro pela Austrália: o sonho finalmente se tornaria realidade.

E assim aconteceu, em Março de 2017 nós começamos a nossa viagem de campervan pela Austrália, que durou 10 semanas, e aqui eu quero dividir com vocês algumas informações úteis que podem ajudar quem também esta planejando uma viagem de carro pela terra dos cangurus.

casal em frente a campervan ao lado do rio
Esse foi o momento da nossa partida de Gold Coast, quanto pegamos a estrada rumo a Sunshine Coast

Quanto tempo é preciso para fazer uma viagem pela Austrália?

Essa é uma pergunta difícil de responder. Uma coisa que você só se da conta quando esta na estrada: a Austrália é um país ENORME  e as distâncias são GIGANTESCAS. O nosso plano inicial seria fazer a Austrália inteira em 1 ano, e acho que esse seria um bom tempo para ver tudo. Porém, as coisas mudaram e nosso prazo para a viagem seria de 5 meses. Desses 5 meses, no final a viagem acabou durando 3 meses (entenda aqui o porquê).

Durante 3 meses nós fizemos metade da costa leste, de Sunshine Coast até a Great Ocean Road, incluindo a Tasmânia. Nós não fizemos a viagem correndo, mas acho que poderíamos ter feito em mais tempo pra poder ficar mais dias nos lugares que mais gostamos. Foram poucas as cidades em que ficamos mais de 1 dia e algumas delas só passamos pra conhecer, não chegando a ficar nem um dia inteiro.

Parando para olhar o mapa da Austrália e vendo o que percorremos por 3 meses, posso dizer que teria sido quase impossível fazer o país inteiro em apenas 5 meses. É muito chão!

Muitas pessoas já fizeram esse mesmo trajeto em muito menos tempo, e sim, é possível. Mas com certeza não pararam em todos os lugares que nós paramos e se eu já acho que foi “corrido” pra nós, imagina pra quem fez em menos tempo?

Cada pessoa tem seu estilo de viagem e cada um prioriza o que acha mais importante. Nós sempre fomos da opinião de que é melhor viajar mais lento, aproveitando mais, mesmo que isso signifique menos cidades.

No final do post esta o mapa de onde passamos e mais informações sobre as kilometragens.

menina com mapa na mão
Planejando a etapa da Tasmânia

Como planejar uma grande viagem de carro?

Eu amo planejar viagens, sou daquelas que faz a pesquisa completa, listas, planilhas e tem todas as informações organizadas. Porém, quando chegou a hora de planejar a viagem da Austrália eu surtei. Simplesmente não sabia por onde começar. Então eu me dei conta de que precisava de duas coisas para começar o planejamento:

1- A primeira coisa que eu precisava era dividir a grande viagem em várias pequenas viagens. A Austrália tem várias roadtrips e eu dividi esses 3 meses nas seguintes etapas:
– 1 semana em Sunshine Coast
– Legendary Pacific Coast (trecho de Gold Coast à Sydney)
– 1 semana em Sydney
– De Sydney à Melbourne
– Círculo da Tasmânia
– 1 semana em Melbourne
– Great Ocean Road

Eu planejei uma etapa de cada vez. Primeiro organizei o que faríamos em Sunshine Coast. Voltando de lá, eu tirei uns 2 dias pra planejar os lugares que iríamos parar na Legendary Pacific Coast. Chegando em Sydney, tirei 1 dia só para pesquisar o que faríamos na cidade…e assim foi, um passo de cada vez.

Em uma viagem como essa é impossível definir quantos dias ficar em cada lugar, porque você nunca sabe. Às vezes você gosta muito de um lugar e quer ficar mais um dia. Às vezes você chega na cidade e não tem nada pra fazer lá e você segue até a próxima cidade. O que eu fiz nesse planejamento foi apenas anotar no mapa quais seriam os pontos mais legais e coisas que poderíamos fazer em cada cidade para ter uma noção geral, e fomos decidindo no caminho onde ir e quanto tempo ficar.

2- A segunda coisa que eu precisava era uma data. Uma data de partida e uma data de chegada em qualquer lugar, seja lá onde fosse.Foi difícil definir a data de partida porque você sempre acha que não esta pronto, ou que precisa fazer mais alguma coisinha no carro, ou precisa comprar alguma coisa pra viagem… Então eu defini que a nossa saída seria dia 04 de Março de 2017 porque a soma de todos esses números da 8, e 8 é o numero da prosperidade (sim, eu sei, eu sou a louca da numerologia, mas eu precisava de algo para me dar uma data!).

A data de chegada em algum lugar é mais difícil ainda, porque você não sabe exatamente quanto tempo vai levar e essa data precisa ser flexível de certa maneira. O que me fez conseguir essa data foi comprar os tickets do ferry para a Tasmânia. Assim, teríamos que estar em Melbourne no dia 16 de abril.

Essas duas informações foram fundamentais para eu conseguir me liberar da trava que me impedia de começar o planejamento da viagem, e a partir daí tudo ficou mais fácil.

Eu sou uma pessoa que apesar de amar tecnologia, também gosto muito de escrever anotações à mão, colar post-its e essas coisas, por isso quando fomos na RACQ fazer o seguro do carro, nós pedimos pra eles mapas impressos de toda a Austrália (eu sei mãe natureza, essa não é a maneira mais sustentável, mas ter um mapa impresso do lugar que eu vou é uma das minhas guilty pleasure de viagem).

Junto dos mapas de papel, eu também comprei o aplicativo Wikicamps, que é quem absolutamente NOS SALVOU durante toda a viagem. O aplicativo é tão bom que eu fiz um post só falando sobre ele, vale a pena a leitura.

Através do aplicativo, além de achar pontos de interesse eu achei onde encontrar banheiros públicos, chuveiros quentes, sinal de wifi e lavanderia, que foram as coisas que mais nos guiaram durante a viagem. Não foram poucas as vezes em que dirigimos até outra cidade só pra tomar um bom banho ou lavar a roupa.

ipad com mapa e mapa de papel com anotações
Wikicamps e mapas de papel, trabalhando juntos no nosso planejamento de viagem

Qual a melhor época para estar em cada lugar?

A regra de ouro aqui é: evite lugares muito frios e chuvosos. Toda a nossa viagem aconteceu no outono, mas eu sinto eu vivemos todas as estações do ano durante esses 3 meses devido aos diferentes lugares que passamos. Quando começamos a viagem ainda estávamos no estado de Queensland e estava relativamente calor. Isso nos permitiu tomar banhos frios em chuveiros públicos da praia sem muitos problemas e nossas roupas e toalhas secavam bem rápido.

Porém, quando atravessamos para o estado de New South Wales já estava praticamente impossível tomar banho na praia. Por isso tivemos que recorrer aos chuveiros quentes, alguns públicos e alguns pagos, e algumas vezes pagamos um camping só pra poder ter um lugar pra tomar banho.

É também importante estar atento às forças da natureza. Quem acompanhou a nossa viagem desde o começo sabe que o nosso plano inicial era começar pelo norte da Austrália, indo até Cairns, para depois ir para o Sul. Só que de última hora resolvemos mudar de ideia porque nessa época tem muitos ciclones nessa região. O que descobrimos algumas semanas depois é que de fato teve um ciclone lá exatamente no dia que estava previsto para chegarmos na cidade de Townsville, que foi devastada pelo ciclone Debbie.

A Tasmânia também foi um outro exemplo. A época com climas mais amenos é o verão, que mesmo assim pode ser bem frio! É também a época que o campo de lavandas esta mais florido. Mas nós não tivemos muita escolha quanto a isso, nós chegamos lá em meados de abril e pegamos temperaturas negativas em alguns dias, quando nevou! Estando em uma campervan sem isolamento térmico nenhum, esse é o tipo de coisa que é melhor ser evitada se possível (apesar de que o dia da neve foi um dos momentos mais mágicos da viagem, não me arrependo de nada! <3)

carro coberto de neve
Nossa vanzinha cheia de neve

Quanto custa uma viagem de carro pela Austrália e como economizar?

Vamos falar de dinheiro. Viajar é caro? Depende. No nosso caso, viajar de carro pela Austrália foi mais barato do que ficar parados morando em Gold Coast, e os números estão aqui para provar. Isso significa que gastamos menos com combustível, campings e estacionamentos do que no aluguel em Gold Coast.

No final do post você vai encontrar links para todos os nossos diários, semana a semana, onde todas elas tem informações detalhadas sobre quanto gastamos em cada semana. Quando morávamos em Gold Coast antes da viagem, nós morávamos em uma casa compartilhada e o nosso custo médio de vida (com aluguel, combustível, mercado e saídas de vez em quando) era de AUD$400.00 por semana. Das 10 semanas de viagem, em apenas 4 delas gastamos mais do que AUD$400.00, sendo que uma delas o gasto extra foi o de um HD que compramos, outra delas passamos apenas AUD$5.81, e a outra compramos um pacote para Moreton Island (ou seja, gasto esporádico). Resumindo, no fim das contas na verdade gastamos a mais apenas na semana que ficamos em Sydney, que foi uma cidade super cara.

E falando em cidades caras, aqui esta o truque de como economizar: evite cidades grandes, elas são mais caras e complicadas. Em Sydney nós gastamos HORRORES porque qualquer lugar que íamos tínhamos que pagar estacionamento, e por estar em uma cidade grande não conseguíamos “armar acampamento” para poder cozinhar, o que fez com que a gente comesse fora a maioria das vezes.

Preparar a nossa própria comida foi o grande fator de economia da viagem porque estávamos gastando com mercado praticamente a mesma coisa que gastávamos antes morando em Gold Coast. Porém, por outro lado, nas cidades maiores o combustível é mais barato do que em lugares remotos, por isso aproveitamos para abastecer nessas cidades. Outra dica é que na Austrália o combustível esta sempre mais caro no começo do mês e mais barato no final do mês, ou seja: dia 30 é dia de encher o tanque!

Mas vamos direto ao ponto: quanto custou essa viagem? A nossa roadtrip pela Austrália custou exatamente AUD$3946,15 das 10 semanas + gasolina para voltar da Great Ocean Road até Gold Coast, que deu AUD$351.64, dando um total de AUD$4297,79. Para saber mais detalhadamente o que foi esse gasto eu recomendo fortemente que você veja nos posts dos diários. Assim você vai saber o quanto disso foi gasto pessoal, o quanto foi de manutenção do carro, o quanto foi de gasolina, comida, etc.

Fazendo almoço na churrasqueira pública

Alguns outros fatos:

Nós acabamos concordando em todas as respostas abaixo, por isso elas valem por nós dois :)

Cidade preferida:
Melbourne

Praia mais bonita:
Bay of Fires, na Tasmânia

Lugar que menos gostamos:
Sydney

Trecho de estrada mais bonito:
Great Ocean Road

Pior trecho de estrada:
Jervis Bay até Canberra, baita estrada de chão!

Lugar mais bonito que já paramos pra dormir:
camping gratuito em Ellendale, na Tasmânia

Pior lugar que já dormimos:
qualquer lugar que tivemos que dormir com o poptop abaixado.

O momento mais lindo:
Primeira noite na Tasmânia, quando olhamos para o céu e pudemos ver a via láctea a olho nu!

Quantas noites dormimos na casa de amigos: 13

Quantas noites dormimos em campings pagos: 5

Maior dica de camping:
Coloque combustível sempre que tiver chance, tome banho sempre que tiver chance, vá ao banheiro sempre que tiver chance e abasteça seus mantimentos sempre que tiver chance. Você nunca sabe quando vai encontrar um posto de gasolina, banheiro ou mercado de novo na estrada.

Coisas que compramos pra viagem e nunca usamos: Chuveiro de camping, rede de pendurar em árvore, sofá inflável, vários utensílios de cozinha, livros de guia de viagem

Coisas que não compramos pra viagem e sentimos falta: leiteira

Melhor ideia culinária da van: sopa (tomamos muuuuuuuuuuita sopa!)

Pior ideia culinária da van: bolinhos de chuva na van. Tivemos a proeza de sujar TODOS os nossos utensílios de cozinha pra fazer os bolinhos e fez a maior meleca pra fritar eles. Ideia errada hahaha

Quantidade de multas que levamos: 0

Vezes que o carro quebrou: 0

Quantos estados conhecemos: 5: Queensland, New South Wales, Australia National Territory, Victoria e Tasmânia

Vezes que alguém nos denunciou pra prefeitura: 2. Uma em Sunshine Coast e outra em Melbourne.

Maior tempo sem tomar banho: 3 dias. Aconteceu duas vezes, ambos na Tasmânia. Sério, foi muito difícil achar chuveiros quentes lá!

Pessoa mais louca que conhecemos na viagem: Peter, um senhor de 60 anos que já deu SEIS voltas de carro pela Austrália depois de aposentado, em um carro normal, nada preparado pra viajar. Ele nos contou muitas histórias!

Kilometros feitos: Aproximadamente 8.503km

Média de km por dia: 121,5km (é só uma média, claro que tiveram dias que não dirigimos nada e dias que dirigimos muito)

Litros de gasolina: 1.214L

Gasto com gasolina: AUD$1484.53

Índice de posts

Quando definimos a data da viagem (planejamento)

A partida – sobre a mistura de sentimentos

Semana 01 – De Gold Coast a Sunshine Coast

Semana 02 – De Gold Coast a Byron Bay

Semana 03 – De Byron Bay a Nambucca Heads

Semana 04 – De Nambucca Heads a Sydney

Semana 05 – De Sydney a Canberra

Semana 06 – De Canberra a Melbourne

Semana 07 – De Melbourne a Eaglehawk Neck (Tasmânia)

Semana 08 – De Hobart a Devonport (Tasmânia)

Semana 09 – Melbourne

Semana 10 – Great Ocean Road

A volta para Gold Coast

Veja também a nossa viagem documentada em vídeos no nosso canal do youtube. É muita história pra contar, então aos poucos estamos editando os vídeos e colocando no canal :)

Espero que tenham gostado do post e que as informações possam ser úteis para quem esta planejando essa grande viagem!
Se tiver alguma dúvida é só deixar abaixo nos comentários!

Mapa da viagem

26 anos, aquariana, instrutora de yoga e reikiana. Nasci em Curitiba, mas sou do mundo. Amo os animais, cristais e natureza. Gosto de pintar mandalas e criar artes com papéis. Sou super otimista e acredito que a felicidade é para todos!

Leia também:

6 Comments

    1. Oiii Ana! Então, aconteceram duas vezes hahaha clicando ali no link onde diz das denúncias vai pro post onde conta a história inteira, mas uma vez foi quando estávamos usando a tomada da churrasqueira pública pra carregar a van e outra vez quando estávamos dormindo na van em uma rua em Melbourne, sem ser num camping hahah na hora foi meio chato, mas hoje viraram histórias pra contar :) Beijinhos!

    1. Ficamos felizes que tenha gostado Bernardo, muito obrigada pelo seu feedback, isso nos motiva a continuar o nosso trabalho! :)

  1. Muito legal e muito bom seu blog descrevendo sua viagem, eu já fiz praticamente o Brasil todo é também alguns países da América do sul, o melhor foi a passagem pelo deserto do Atacama, um de meus filhos a pouco tempo foi de Adelaide (SA) até Darwin (NT) vocês poderiam postar fotos de todos os lugares que tiveram, gosto de ver fotos e me imaginar lá. Valeu um abração e que logo vcs possam fazer a sonhada volta pela Australia.

    1. Oiii Exias! Nossa deve ter sido incrível a viagem pelo Brasil! Nós ainda vamos fazer isso algum dia :) E o atacama é sensacional mesmo, nós estivemos lá em 2013, a cordilheira dos andes foi um dos lugares mais lindos que já vi na vida! A viagem do seu filho deve ter sido demais também, esse trecho entre Adelaide e Darwin passa bem no meio do outback, nós queríamos ter feito esse trecho também, mas não ia dar tempo hahaha fica pra próxima :) Os posts de semana a semana estão cheeeeios de fotos, e se quiser ver mais algumas também tem no meu instagram pessoal @karen.pok :) Um abraço e tudo de bom!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *