8 características que tornam Cusco uma cidade única

Dando continuidade a nossa Série Andina, hoje vou falar um pouco mais sobre a cidade de Cusco. Muitas pessoas passam pela cidade sem dar muita atenção, com o maior objetivo de ir a Machu Picchu, mas a verdade é que  Cusco possui muitos encantos e suas ruas tem características e peculiaridades que a tornam um lugar único. Uma dica é pegar um mapa e sair caminhando e desbravando a cidade com os próprios olhos. Listamos aqui 8 coisas que você provavelmente vai encontrar pelo caminho:

Se você ainda não viu o nosso último post contando como foi chegar em Cusco, leia aqui

1. Uma das primeiras coisas que me chamou atenção na cidade foi a mistura de construções do período inca com a nova arquitetura dos colonizadores espanhóis. Por onde você passa encontra muros altíssimos feitos com pedras gigantescas, vestígios de obras feitas pelos incas. Mas atenção, nem todas elas são originais. Um guia local nos ensinou a ver a diferença entre paredes originais e as que foram construídas nos dias de hoje. Geralmente perto das paredes originais há algum policial proibindo as pessoas de tocar nessas paredes. Em contraste com essas obras estão as casas com estilo colonial, em sua maioria nas cores branco e azul. Essa mescla de estilos marca a história da cidade, mostrando o antes e o depois da colonização.
coracao-viajante-cusco-peru-arquitetura-colonial-e-inca
2. Ainda falando de arquitetura, um detalhe que gostei muito de encontrar foram as diferentes portas das casas. Coloridas, de metal, de madeira, com desenhos…Se você gosta de reparar nesses detalhes da cidade, vai gostar de ver as portas de Cusco.
coracao-viajante-cusco-peru-arquitetura-inca-portas
3. Uma característica que faz parte da cidade, mas não é necessariamente uma coisa muito boa, são as ladeiras. Estamos no meio dos Andes, então é normal que as ruas de Cusco tenham muito sobe e desce. Caminhe com tranquilidade e beba muita água para evitar o soroche, ou mal da altitude. Não tente conhecer tudo de uma vez só, divida o seu tempo entre as caminhadas e descansos, assim você poupa a sua energia e aproveita mais a viagem.
coracao-viajante-cusco-peru-arquitetura-inca-ruas-ladeira
4. Ainda falando das características das ruas, uma coisa que achei muito curiosa foi o tamanho do meio fio nas calçadas! Em alguns lugares chega a ser um degrau de 30 centímetros! Só vendo pra crer. Some isso a: dificuldade de respirar pela altitude + cansaço de subir e descer tanta ladeira. Andar pelas ruas de Cusco é delicioso e encantador, mas tem lá o seu lado ruim se não estiver muito preparado.
5. Muitas buzinas! Se você for a La Paz antes de ir a Cusco talvez não perceba tanto, pois na Bolívia o barulho nas ruas chega a ser ensurdecedor! Mas no Peru eles também tem essa mania de buzinar o tempo todo e pra qualquer coisa, seja para xingar, para cumprimentar alguém, ou simplesmente porque deu vontade.
coracao-viajante-cusco-peru-automovel-buzina
6. Falando agora da parte encantadora, uma coisa que adorei em Cusco foi encontrar pequenos detalhes pela cidade. Por exemplo, alguns postes tem desenhos inca em dourado e encontrei também essa marcação na calçada apontando pro início da trilha Antisuyo. A cidade é muito turística, por isso existe essa preocupação com os detalhes para fazer brilhar os olhos de quem visita.
coracao-viajante-cusco-peru-antisuyo
7. Lindas praças. Além da famosa Plaza de Armas, caminhando pela cidade você vai encontrar muitas outras, com fontes e lindos jardins, tudo muito bem cuidado. Vale reservar um tempinho para sentar em algum banco e apenas apreciar o movimento da cidade.
coracao-viajante-cusco-peru-jardim-praca-plaza
8. Deixei para o final uma das coisas que mais gostei de encontrar caminhando pelas ruas de Cusco: as feirinhas escondidas. Com um olhar mais atento você vai encontrar portinhas, corredores e pequenos becos que levam a uma pequena feirinha. Foram nelas que nós encontramos as coisas mais diferentes e a um preço ridiculamente mais barato do que nas lojas próximas à Plaza de Armas.
coracao-viajante-cusco-peru-feira-compras
Por hoje é isso amigos, na semana que vem tem mais! Se você ainda não viu o começo da série,pode começar por aqui.
26 anos, aquariana, instrutora de yoga e reikiana. Nasci em Curitiba, mas sou do mundo. Amo os animais, cristais e natureza. Gosto de pintar mandalas e criar artes com papéis. Sou super otimista e acredito que a felicidade é para todos!

Leia também:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *